Por que sabonete feito à mão?

Com tantas opções de sabonetes comercializados hoje, por que inventar de fazer sabonetes à mão que têm custos bem mais elevados do que a maioria dos que encontramos no mercado? São algumas razões.

  1. Já leram o rótulo de um sabonete industrial? Perceberam a quantidade de ingredientes artificais e sintéticos que um simples sabonete contem? Antigamente, sabonete se fazia com óleos vegetais ou banha de animais com algum produto alcalino para reagir com os óleos para a saponificação. Só. Fazendo o seu próprio sabonete, podemos escolher os nossos próprios ingredientes, os mais naturais e gentis para a pele possíveis. No meu caso, eu usarei apenas óleos vegetais como base.
  2. Além dos óleos que são a base do sabonete, é possível adicionar ervas, argila, mel, cacau em pó, chá, sementes, uma infinidade de elementos que acrescentam uma função específica para cada um. Por exemplo, o mel é um ótimo emoliente e a argila verde é ótima para pele oleosa e tem ação tonificante, adstringente e estimulante.
  3. A adição dos óleos essenciais é um capítulo à parte. Esses óleos não são sempre óleos propriamente, e sim extrato poderoso e muito concentrado de vários tipos de vegetais. Cada um tem uma função bem específica e são usados na aromaterapia, entre outros fins. As suas funções agem não só no nosso físico como também na mente e no astral, incluindo as nossas emoções. Por isso a escolha dos óleos essenciais é bem complexa, que acredito que deva ser baseada no conhecimento (mental) mas também na nossa intuição sensorial. Em todo caso, quem conhece e usa óleos essenciais de verdade, sabe a enorme diferença que é, em comparação com os aromas sintéticos dos sabonetes comuns. (Encontrei um site bem simplesinho, mas que explica bem o que é o óleo essencial.)
  4. Acho que todo mundo já ouviu falar em glicerina não é? É um subproduto que nasce com a reação do óleo com algo alcalino (soda cáustica, por exemplo). Em geral essa glicerina é retirada do sabonete durante o processo de fabricação industrial para ser usado em produtos cosméticos mais caros. Sabe quando você deixa o sabonete na saboneteira e ele fica todo rachado? Esse é um sabonete do qual foi retirado quase toda a glicerina, que é uma substância transparente e viscosa que atrai a água do ambiente para si e portanto é hidratante. No caso de se fazer o seu próprio sabonete, deixamos toda a gliceria que se forma durante o seu processo de saponificação, o que faz uma diferença enorme.
  5. E finalmente, é muito divertido mesmo fazer um sabonete à mão! É igualzinho à sensação que dá quando cozinho. Ver a transformação dos óleos em sabonetes é algo realmente muito curioso.

Basicamente são essas razões. Acho que quem já experimentou um sabonete feito à mão com ingredientes naturais entende o que estou falando. Seria incrível se mais gente pudesse ter essa experiência. O desafio vai ser fazer um sabonete com todas essas características mas que seja acessível. É por isso que vou tentar, sempre que der, usar ingredientes brasileiros, de fácil acesso. Mas é uma pena que nem sempre os ingredientes brasileiros são os mais acessíveis hoje. O óleo de castanha-do-pará, por exemplo, é bem caro em comparação com o azeite, importado.

98 Respostas para “Por que sabonete feito à mão?

  1. Oleo de buriti tambem e muito bom,para hidratar pele ressecada!

  2. ola
    gostaria de saber se possovel como utilizo os oleos essenciaia no preparo dos sabonetes pois sei q se ele for levado a altas temperaturas ele perde suas propriedades
    como devo fazer?

    • oi anna, os óleos essenciais devem ser colocado no último estágio antes de colcocar a massa no molde, no momento que atingir o ponto do trace. não aquecer demais os óleos também é importante. deixar com 35 a 45 ºC.

  3. SATCHI , NAVEGANDO PELA NET ACHEI AQUI SEUS SABONETES E COMENTÁRIOS. GOSTEI MT.
    AINDA MAIS QUE CULTIVO PLANTAS ORGÂNICAS MEDICINAIS.
    UMA DAS MINHAS IDÉIAS DE PRODUTOS PARA A FIRMA É JUSTAMENTE UMA LINHA DE SABONETES ORGÂNICOS.
    TEM NECESSIDADE DE ALGUMA PLANTA? . SE TE INTERESSAR ME RESPONDA.
    ATÉ, FERNANDO

    • Olá Fernando, obrigada pela visita. Você tem um site para eu ver quais plantas vc cultiva?

    • Fernando Roses , me chamo marilia sou da cidade de niteroi, rj, e gostaria de saber de vc o nome de uma planta , que faz espuma igual sabão de coco . Ce conhece ??. Obrigada e até mais, Responder por Face:marilia dos anjos carvalho ( “Fique Calmo e Venha Fazer Um Massagem” ) minha legenda.

  4. Olá, sou novata no mundo dos sabonetes artesanais e estou procurando por receitas que utilizem manteiga de cacau e manteiga de jojoba na preparação, juntos ou separados, você me indicaria alguma?
    E outra dúvida, existe alguma receita que não utilize glicerina e/ou NaOH, é possível substituir esses ingredientes?
    Gostaria que os sabonetes ficassem o mais natural possível, para peles bem sensíveis.
    Agradeço a atenção, parabéns pelo ótimo site e boa sorte !

  5. Bom dia, gostaria de saber se você me indica alguma idéia para a produção de sabonetes prensado em pequena quantidade. Vi na internet algumas alternativas com produtividade acima de 100 hunidades por hora. Preciso encontrar algo com um investimento menor, algo como mini prensa e mini extrusora e tal.

    sabe de algo!?

    Parabéns pelo blog, obrigado por estas precisosas informações

  6. Olá. Primeiramente gostaria de lhe dar os parabéns pelo blog, muito bonito e bem elaborado. Entro em contato porque estou às voltas com um dilema: tive um diagnóstico recente de “alergia a sabão”, onde fui aconselhado a usar “sabonetes sem sabão”. Tentando encontrar esse sabonete e percebendo que não existe no mercado nacional, acabei por encontrar o seu blog, entre outras coisas. Fiquei muito impressionado, acho muito interessante, mas ainda não consegui esclarecer essa questão do “sabonete sem sabão”. Você chega, inclusive, a descrever o que é a glicerina, pois imaginava que um sabonete caseiro, sem sabão, seria o sabonete que utiliza a glicerina como base, mas verifiquei que não é bem assim.
    Não sei se consegue me ajudar nessa questão, gostaria de saber se posso trocar mensagens com você a esse respeito, e tentar esclarecer melhor essa questão, pois são inúmeras as dúvidas e creio que pode me ajudar.
    Agradeço se puder retornar e me permitir manter contato. Grande abraço e parabéns.

    • Olá José Roberto. Obrigada pelo comentário. Vamos à questão do “sabonete sem sabão”. O seu dermatologista deveria ter sido mais preciso nos termos, pois “sabonete sem sabão” não é um termo técnico para você poder procurar produtos adequados. Em primeiro lugar, existia o sabão, puro e simples. Fazia-se com sebo de animal ou óleo vegetal como o azeite de oliva, mas nas casas das pessoas comuns, era normal o sebo. Misturava-se algum alcali (cinzas, antigamente) nessa gordura, misturava-se por algum tempo e obtinha-se o sabão. Basicamente o mesmo método que utilizo hoje, só que o alcali de hoje é o hidróxido de sódio, ou a soda cáustica. E no lugar do sebo animal, eu só uso óleos vegetais. E sabonete é simplesmente diminutivo de sabão, ou seja, sabão pequeno para uso pessoal.

      Bom, então esse era o sabão que existiu desde sempre, há bem mais de mil anos. Desde que surgiu, muito recentemente, o petróleo e a sua indústria petroquímica, inventaram-se diversos produtos detergentes como o lauril sulfato de sódio, que remove sujeira e gordura, arrancando-as da superfície. Para lavar a roupa, uma maravilha (porém, polui o meio ambiente). Começaram a chamar esse tipo de produto detergente de sabão. Só que, a indústria começou a usar esses produtos nos shampoos, nos sabonetes e em todo tipo de cosméticos usados diretamente na pele humana. Resultado, além de arrancar o suor e alguma sujeirinha diária do corpo, esses produtos arrancam também a camada protetora da nossa derme, deixando-a frágil, ressecada e vulnerável a invasões externas. Essa é a causa de muitas alergias, o enfraquecimento da barreira natural da pele.

      Então, pelo que eu entendo, o que você deve procurar é um sabonete sem detergente, como o lauril sulfato de sódio. Eu recomendo também que leia atentamente os rótulos dos produtos e evite produtos com ingredientes de origem petroquímica. São esses os parabenos (conservantes), os óleos minerais, o lauril, etc. Recomendo a leitura desse artigo para maiores esclarecimentos: https://supasoap.wordpress.com/2010/10/09/artigo-da-folha-sobre-ingredientes-toxicos-em-cosmeticos/

      Os meus sabonetes não contem nenhum desses ingredientes, pois faço sabonetes à moda antiga e do zero, ou seja, tenho conhecimento de todos os ingredientes que neles contem, diferentemente dos sabonetes feitos com base glicerinada, pois não se sabe o que foi colocado nessa “base” que se compra no mercado. Imagino que não seja glicerina pura.

      Espero ter ajudado nas informações e se precisar de mais, é só entrar em contato. Um grande abraço 🙂

  7. tenho adorado essas receitas tenho feito um acervo de algumas receitas que,tenho pegado por ai tem muitas receitas boas algumas sao produtos que talves aqui na minha cadade que mora nao encontrarei ams vou tentar assim mesmo fico muito grato pelas receitas que vce tem passado para todos nos se vece tiver alguma receita que fala sobre o coco do babaçu,como de sabonetes esfoliantes ficarei muito grato por isso ,um grande abraço e um felis 2012 para vce e sua familia……..

    • Olá Claudio,
      em todas as receitas, você pode substituir o palmiste pelo coco babaçu. Eles tem a mesma função.
      Obrigada pelo comentário e feliz 2012 para vc tbm 🙂

  8. Pingback: Feliz Ano Novo! | supasoap

  9. Olá Sachi. Primeiro, quero parabanizá-la pel o trabalho, que Deus lhe abençoe nesta prática..
    Venho a pouco tempo produzindo tbm sabonetes. No entanto, não cheguei ainda onde gostaria: estar produzindo eu mesma todo o sabonete. Digo isto pq compro uma base glicerinada vegetal, isto é, ela não vêm com lauril, nem parabenos e é feita com óleo de babaçu. É mto boa esta base, mas não é o que realmente queria, entende? Quando achei o seu site fiquei encantada pq vi que vc mesma pega os óleos (gorudras) e produz seu sabonete. Na verdade, gostaria de saber onde consegue os óleos. Moro na capital mineira, Belo Horizonte, e se puder indicar algum revendedor de confiança ficaria muito agradecida.
    Tudo de bom pra vc e obrigada pelo compartilhar.

  10. Você ministra algum curso sobre sabonetes feitos a mão, se tiver, ou mesmo se tiver alguma apostila gostaria de saber.

    att.

    Gilmar Oliveira

  11. Ola, onde vocês ficam? … vocês dão cursos! ….gostaria muito de fazer! ….aguardo contato, grata, Simone

  12. olá, sachi! voltei ao teu blog…
    vi a pergunta da simone sobre cursos e queria também esta informação. você poderia me falar se dá cursos de sabonetes?
    grata. um abraço,

  13. sachi, não sei se meu comentário foi… vou enviar novamente.
    estive aqui há uns dias e não me contive em voltar… quero saber se você ensina como fazer os sabonetes em algum curso.
    fico aguardando. grande abraço.
    grata.

    • Olá Camila, em breve me organizarei para dar cursos, mas no momento estou absolutamente sem tempo. Quando iniciar os cursos, anunciarei por aqui. Volte sempre 🙂

  14. oi Sachi adorei teus sabonetes a natura perdi feio para vc mas poderia me tirar uma duvida da para fazer sabonete com o oleo de soja comprado no mercado e usar boas essencias para ficar bom ou não estou a procura de um bom sabonete e mais barato que posso fazer em casa sem ter que comprar aquelas base gricerinada .fico muito grata pois vc já é especealizada na area.ass:fabiana teixeira

    • Obrigada pelo comentário, Fabiana. Dá para fazer sabonete com qualquer óleo, mas a qualidade do sabonete que sairá está diretamente ligada à qualidade do óleo usado. Cada tipo de óleo dá uma qualidade diferente de saboente e o interessante de produzir sabonete do zero é justamente conhecer essas diferenças, testando diferentes tipos de óleo. A escolha do óleo depende unicamente do seu próprio critério do que é bom. Eu, pessoalmente, não uso óleo de soja nem para fritar batata frita, muito menos para fazer sabonetes. Primeiro, porque a maioria da soja plantada no Brasil é transgênica. Em segundo lugar, porque no processo de refino desses óleos, são usados produtos químicos que não combinam com a minha ideia de produto natural. Para mim, mais do que as essências que aromatizam o sabonete, eu dou importância aos óleos que uso. Posso fazer um sabonete sem nenhuma essência, mas não posso fazer um sabonete sem óleo.

  15. Bom dia Sachi entendi. estava certa dos meus pensamentos sei que me ajudou muito para minha nova esperiencia estou a 15 dias estudando sobre sabonetes e até a tabela periodica para não cometer erros , fazer sabonete.não é como fazer sabão ,é uma prepação a mais .Quero dizer que vou acrescentar alguns ingredientes para favorecer a pele como manteigas puras,etc quero dizer que vou fazer para uso em casa pois não aguento mais comprar sabonetes do mercado alem de gastar rapido e não espumar tanto ,mas quero fazer algo bom ,pois nunca como os seus que são lindo maravilhoso agradaveis e finos da gosto de ver .tenho capacidade de fabricar mas não posso comprar o material de primeira como são os teus lindos sabonetes,porisso pedi uma ajuda,eu faço sabão etc mas sabonetes foi por precisão igual falei ,ai busca dali daqui sobre os abontes igual os da natura encontrei os teus sabonetes e me apaxonei foi um encanto era tudo que eu procurava .Antes de mais nada quero dar os parabéns e oubrigada tenha uma boa tarde.Eu fico aqui vendo os sabonetes dos sonhos.

  16. Cheila de Carvalho

    Olá, eu já fabrico sabonetes, e fico encantada com eles, isto é, quando acerto nas minhas formulações. Mas o que eu queria saber de você, é que se para cada manteiga existe uma concentração do dióxido de sódio? POrque oe meus sabonetes ficam duros e as vezes moles.
    Grata!

  17. Cheila de Carvalho

    Professor, eu quis dizer a soda cáutica – NaOH

  18. Olá Sachi, estou interessada em fazer sabonete para meu uso sem a soda cáustica. Li em uma das respostas que vc deu acima que pode substituir por cinzas. Cozinho num fogão à lenha e uso todo tipo de madeira que encontro para queimar, a dúvida é se posso utilizar essas cinzas? Se positivo qual a proporção?
    Andei vendo pessoas que dizem fazer o sabonete 100% orgânico, só utilizando óleos , manteiga e essência isso é possível? Grata!

    • Oi Cláudia, eu não conheço a proporção de cinzas que vc precisa usar para produzir sabonetes. Você precisará fazer um estudo, pesquisar e fazer experiências.
      Não é possível fazer sabonete apenas com óleos, manteigas e essência. Para se fazer um sabonete é necessario um agente alcalino para reagir com os ácidos graxos. Muita gente fica alarmada com o fato de ser usada soda cáustica na fabricação de sabonetes naturais, mas precisa entender um pouco o processo de saponificação. Sabão é o resultado da reação dos ácidos graxos em contato com o agente alcalino. Sem essa ação, não existe sabão. A não ser que vc chame de sabão o lauril, que faz espuma e lava também, porém, este é um produto produzido sinteticamente e é extremamente agressivo. É o princípio ativo do detergente. Não só é agressivo para a pele humana como o é para o meio ambiente, pois é ele que polui os rios. Aquela espuma que se vê boiando nos rios de São Paulo é por causa da água contaminada com lauril. Voltando à soda cáustica, esta é um tipo de sal. Ela vai reagir com os ácidos graxos dos óleos e assim ocorre a saponificação. Disso resulta o surgimento da glicerina e do sabão. Ou seja, aquilo que era soda cáustica e óleo separados, juntos se transformam em outra coisa que se chama sabão contendo glicerina. Esta massa fica em maturação durante 4 semanas e depois desse período, não há mais nenhum traço da soda cáustica. Os meus sabonetes são feitos com excesso de óleos em relação ao alcalino, por isso, é 100% seguro de que não tem mais nada de soda sobrando. O nível de pH em geral é 8, perfeito para ser um sabonete suave.

  19. Grata Sachi pela sua atenção, ficou bem claro agora. Encontrei uma base vegetal da BOTHANIC RÉGIA com óleo de babaçu e umas receitas interessantes na NET, farei experiências com ela. É preciso perder o medo
    de testar coisas novas, não é? Um grande abraço e sucesso!

    • Oi Cláudia,
      sim, é ótimo testar e experimentar. Só é preciso conhecer a fundo cada ingrediente que vc usa. Todas as bases, vegetais ou não, usam soda cáustica para serem fabricadas.

  20. Flor vc pode me ajudar ? Estou colocando 1kg óleo ( canela , azeite , banha ) e colocando 130g de soda e 380ml água , mais minha receita não chega no trace , fica mole , aí eu coloquei na forma assim mesmo … Vc poderia me ajudar ? Se sim me manda um email por favor leeahdeia@gmail.com

  21. adelaiddedias07@gmail.com

    estou feliz por saber que tem mais pessoas se preocupando em cuidar do noso planeta,se cada um fazer um pouco vamos ter, o planeta mais limpo e`posssivel sim. ja faço o sabao ha sete anos para as roupas, osabonete vai ser bom tambem.

  22. Sachi, Já deixei uma mensagem aqui, e volto para dizer que depois de muita pesquisa estou pronto (ou acho que estou) para fazer minha primeira tentativa com o Metodo a Frio, faço mas pelo metodo quente usando glicerina, extratos e um pouco de manteiga ou extrato vegetal, mas como vc mesma disse preciso usar o bendito Lauril. quero entrar no metodo a frio. Poderia me ceder alguma receita para esta primeira tentativa? agradeço.

  23. boa noite Sachi estou desempregada e gostaria de aprender a preparar esses sabonetes, desde ja´ agradeço.

  24. Olá Sachi, gostaria de começar a fazer sabonetes, pode-me facultar alguma receita simples para começar? Agradecia que me enviasse para o meu email :
    accessoire.pt@gmail.com , muito obrigada.

  25. Olá Sachi, gostaria que me tirasse uma dúvida: ao fazer o sabonete com método a frio vc disse que deixa maturar por 4 semanas para retirar qq traço de soda. Vc deixa os sabonetes maturando ao ar livre e só depois embala?n a fita para teste do PH é imprescindível? Grata.

  26. Oi Cláudia, não é ao ar livre que deixo. É dentro de um quarto, em gavetas ventiladas. Precisa ser um lugar que não bate sol mas que fique ventilado para não reter umidade.
    A fita para teste do pH ajuda, mas não é imprescindível se vc está fabricando sabonetes para uso próprio. Você pode dar uma lambida no sabonete para ver se o pH está bom. Se arder ou picar, é porque está alcalino demais.

  27. É para consumo próprio, por isso achei a fita muito cara rs. Então como são poucas peças posso deixar em uma cesta de aramado que tenho e cobrir com um voal ou filó para não pegar poeira? Grata pela dica do PH e pela atenção. Aliás, vc não está mais vendendo o Óleo de Abacate da Laszlo?

  28. Parabéns pelo blog, e pelo seu pensamento construtivo, o mundo precisa que as pessoas se tornem assim. Um dia, aos poucos, chegaremos lá!

  29. Oi professor,
    Queria poder te enviar um dos sabonetes que faço. Queria ver sua aprovação, seriamente!!!
    Eles são sabonetes com óleo de oliva, mateigas de cacau, cupuaçu, manga, enfm, um saboete de qualidade pelo fato de ser artesanal e vegetal.
    Eles também são rústicos. São lindos, rssss

  30. Olá ;D

    Sou Portuguesa e comecei a fazer sabão em casa há pouco tempo, quanto mais investigo mais vontade tenho de saber e fazer por isso gostava de saber duas coisas, se possível responder para o meu e-mai: pomardecoisas@gmail.com

    É possível fazer uma barra de glicerina transparente e opaca em casa?
    Sei que leva álcool (96º?), açúcar (pode ser amarelo?), água (tem de ser destilada) e mais não sei.

    Onde posso comprar esses moldes em acrílico?

    Obrigada,
    Ana Gomes

  31. Rachel Ribeiro Fernandes

    Oi, Sachi, gostei muito de ler seus textos, um jeito simples e ao mesmo tempo firme quanto a fazer sabão natural, e as advertências sobre os aditivos sintéticos – lauril, os derivados do petróleo, etc. Cinco anos atrás eu aprendi a fazer sabonete em casa, à base de glicerina, era uma delícia, mas depois foi me incomodando ter que colocar Lauril, e saber que as essências eram artificiais….. Consegui tirar o Lauril da receita, até que descobri que na própria glicerina que eu comprava tinha o Lauril…. Acabei parando de fazer, com pesar. Gostaria e voltar a fazer sabão caseiro, mas agora por cold-process. Falei com uma pessoa ontem, que faz sabão com óleo reciclado, eu estanhei que ela não usa a soda cáustica em escama, 99%, mas uma soda líquida que ela mesmo vende, junto com uma coisa chamada Barrillha, que ela usa parece que “para mudar o PH”. Você poderia me esclarecer sobre esses 2 produtos? Existe algum curso em SP de fazer sabão por cold-process (lendo algumas perguntas e respostas, vi que você não pode oferecer ainda um curso seu – você indicaria algum?) Obrigada.

  32. Oi parabéns pelo trabalho… li que existe um erva saonaria oficanallis que pode ser usada para substituir a soda caústica. como poderia ser usada? eu gostaria, se possível que me respondesse tb se eu posso usar óleo essencial na base comprada pronta, ou somente essência na base de glicerina pronta? eh pq eu ganhei óleos de patcholi e lavanda que me o trouxeram da frança… e apenas fiz sabonete com essência e base pronta.ME DA UMA AJUDINHA NESSE DILEMA.
    BEIJOS
    DANIELA

    • Olá Daniela,
      não conheço essa erva para substituir a soda. Gostaria de saber mais a respeito. Poderia me mandar informações?
      Não sei também sobre o uso de óleos essenciais em bases prontas de sabonetes, pois nunca usei essas bases e não sei nada a respeito. Desculpe.
      Boa sorte! Sachi

  33. Olá meninas, a erva saboeira realmente tem utilização na fitoterapia e na cosmética. Vejam o link:
    http://dias-com-arvores.blogspot.com.br/2009/12/erva-saboeira.html

  34. Aí vai uma receita do sabão feito com a erva:
    Fórmula de sabão sem soda cáustica de saponaria

    Ingredientes
    raiz de saponaria, 50 g
    folhas de salva, 1 colher
    folhas de alecrim, 1 colher
    folhas de abrótano, 1 colher
    água, 1 litro
    Preparação
    Coloque as ervas em um recipiente.
    Ferva a água e verta sobre as folhas e a raiz de saponaria.
    Tampe e deixe repousar por 45 minutos, antes de coar e embalar.
    Esta receita não apenas garante a higiene da sua pele, mas também a protege, porque é muito mais suave que o sabão habitual.

  35. Juliana Rego Franco

    Meninas, quem tiver interesse em óleo de babaçu mandar e-mail para julianarfranco@gmail.com. Podemos ver se há viabilidade de frete para pequenas quantidades.

  36. O PODER DO AZEITE E SUA CURA…

    Prezados Amigos

    Venho comunicar-lhe de que chegou ao Brasil o mais puro e premiado Azeite de oliva – DOP Casa de Sucçães de Trás-os-Montes – Portugal, o qual já esta sendo comercializado pela Brason Gourmet – Imp. Export. Distrib., Ltda.

    Será um prazer fazer-lhe chegar até você este maravilhoso Azeite, a fim de que o possa saborear e enriquecer sua gastronomia, ou até mesmo uma excelente opção para presentear seus familiares e amigos com este conceituado produto Gourmet.

    Brason Muito grato pela atenção que nos possa dispensar, agradecendo que nos indique outras pessoas suas amizades que apreciem também um verdadeiro ” ouro liquido “.

    Obrigado pela Atenção.

    esperando sua resposta.

    Faça um presente de Natal para quem você Ama…

    Walter Siqueira
    Comercial
    Brason Gourmet Comercio Importação e Exportação Ltda
    (11) 4619-1841
    (11) 982046557
    (11) 970866537
    walter.siqueira@brasongourmet.com.br
    brasongourmet@brasongourmet.com.br
    http://www.brasongourmet.com.br

  37. O q eu queria saber eu nao encontrei aq.Gostaria de saber uma receita pra fazer sabonete facil pra o meu proprio uso.

  38. Olà, muita boa informaçao no blog e atravès dos comentàrios tambèm se aprende. Minha dúvida é cómo escolher UM BOM ACEITE DE OLIVA. Sempre estou na dùvida, lendo os ròtulos e na net que o bom mesmo è o “prensado a frìo”. Só que indo bem fundo na minha pesquisa, cheguei a ligar para uma fábrica deste aceite para pedir esclarecimentos etc…. e fui informada que hoje em dia nao existe o prensado a frio como era antigamente, e sim um processo parecido que acaba fornecendo a mesma qualidade ao aceite, como se fosse prensado…. O que fazer? Pode me orientar? Quero utilizar bons produtos !!! Muito obrigada !

  39. Olá Sachi. Adorei o post.
    Você sabe me dizer se os óleos de babaçu, palma e palmiste usados para fabricação de bases glicerinadas vegetais, como a da Regia, são poluentes para o meio ambiente?
    Estou querendo fazer sabonetes próprios para banho em rios e ainda não consegui descobrir o melhor. Pode me ajudar?
    Agradecida.

    • Olá Nathalia, eu não conheço nada sobre bases glicerinadas, pois não trabalho com essas bases prontas. Eu faço o meu sabão do zero. Assim eu sei exatamente o que contem.

  40. Sachi, boa tarde! Gostaria de agradecer pelas informações que você disponibiliza em seu post. São muito ricas e sempre ajudam a enriquecer a cultura do sabão feito a mão. Gostaria de saber se você tem uma tabela de índice de Saponificação dos óleos que você utiliza e se poderia disponibiliza-la. Obrigado. Fabiano.

    • Boa tarde Fabiano, obrigada pela mensagem.
      A tabela de índice de saponificação está disponível na internet em muitos lugares. Eu não disponibilizo a minha tabela, pois faz parte da apostila do curso que os alunos recebem e não uso o blog como lugar para ensinar a fazer sabão. Eu uso este blog como registro da minha jornada como artesã de saboaria.
      Agradeço a compreensão. 🙂

  41. Sachi, boa noite!! Gostaria de saber porque os sabonetes artesanais são mais mole , e com esse calor ele fica muito mais, o que pode ser feito para que isso não aconteça? Depois de embalado ele amoleceu na caixa.

    • Olá Valdair, os sabonetes artesanais feitos no método cold process são um pouco mais moles do que os industriais ou os feitos com base glicerinada, porque contem toda a glicerina produzida pelo processo de saponificação (a glicerina é um gel) e ainda por cima fazemos o desconto da soda, deixando com óleos graxos em excesso, tanto como medida de segurança para que não sobre soda, quanto para deixar o sabonete mais hidratante. Porém, não deveria ser muito mais, e nem ficar mais mole com o calor. Amolecer na caixa depois de embalado, significa que algo deu errado no processo. Reveja o cálculo da soda. Pode ser que tenha ficado com muito menos soda do que precisaria.

  42. Olá Sachi, Veja se é possível tirar algumas dúvidas… Colocar no sabonete manteiga por exemplo de Karite e óleos isto prejudica o endurecimento do sabonete? Outra dificuldade que encontro é a questão espuma, infelizmente o brasileiro associa espuma a limpeza, e o meus sabonetes não produzem espuma, e qdo produzem é quantidade ínfima. Uso lauril mas não obtenho sucesso. Base Glicerinada , essências de óleos , manteiga de cacau, babaçu e outras e essências de aromas diversos e quando necessário pigmento de cosméticos. Onde será que está o erro ? ressalto que estes sabonetes que confecciono deixam a pele bem hidratada, mas preciso que os mesmos proporcionem um pouco de espuma e tenham uma consistência mais firme Desde já agradeço . Isaura

    • Manteiga ajuda a endurecer, mas colocar demais reduz a espuma. Eu nunca usei base glicerinada, portanto fica difícil responder as suas dúvidas. Lauril também não uso.

  43. boa noite sachi como eu posso fazer esse curso com você ? onde eu compro as apostilas? Gostaria de aprender a fazer esses sabonetes. abraços

  44. Ola, trabalho com Sabonetes Artesanal ficam lindos e muito cheirosos, porém eles ficam com a textura um pouco mole caso a forma seja um pouco rasa existe algum produto q possa misturar para deixa-lo um pouco mais consistente igual ao sabonete industrializado? Meu problema é parecido com essa senhora q postou no seu Blog a Isaura Laselva. Essa manteiga q vc mencionou no caso dela, é manteiga de cacau ou manteiga normal de casa?
    Fico grato e aguardo resposta.

    • Olá Douglas, você nunca terá sabonetes feitos com o método cold process com a consistência dos sabonetes industrializados. Mas existem vários ingredientes que ajudam a dar dureza no sabonete, como a manteiga de cacau, manteiga de muru muru, o prórpio óleo de palma, etc.

  45. Ola Sachi, amei seu blog, gostaria de saber como faço para aprender contigo sobre sabonetes naturais artesanais, por favor, será que teria como vc me passar algumas orientações, algum curso que eu possa fazer? Meu desejo e produzir cosméticos naturais mesmo, tudo do zero, adoro tudo isso…:) Obrigada!!!!

  46. Oi Sachi, vc tem alguma previsão de data para os seus cursos? Obrigada.

    • Olá Kelly,
      no momento estou concentrando todos os meus esforços na reestruturação da marca SACHI e com isso não tenho previsão para novos cursos de saboaria.

  47. Olá Sachi, quero parabenizar pela iniciativa de criar produtos que nos façam bem, além de deixar o planeta melhor também! Tenho muito interesse em produzir sabonetes naturais, e sua jornada é inspiradora! Ansiosa pelo site de vendas novo entrar no ar e poder adquirir os seus sabonetes.

  48. Maravilhoso o conteúdo, pensamento e tudo o que disponibilizam no blog.
    Deixo uma sugestão, poderiam reavaliar a data para mais um curso entre agosto até meados de setembro tenho certeza que completariam a turma.
    Tenho interesse também!!!
    Parabéns e Sucesso.
    Márcia.

  49. Ola!! Sachi

    Tenho mta alergia aos sabonetes e xampu com lauril sulfato de sodio, cocoamidopropyl e a outros componentes quimicos.
    Estou aguardando…sua volta a fabricacao de seus produtos

  50. Gostaria de saber se tem. Como eu fazer sabonete sem usar glicerina?

    • Você diz sem usar a base glicerinada pronta? Sim, claro que tem. Esse é o método que uso. Nunca usei essa base. A glicerina é formada naturalmente no processo de saponificação.

  51. Olá,Sachi,perdi meu emprego e como amo sabonetes,estou investindo meus estudos sobre essa aréa,vi numa entrevista sua que vc fala dos óleos amazônicos que vêm do Pará, e é de um fornecedor local ,vc poderia me passar o contato,e me dar algumas dicas!! Muito obrigada e parabéns.

    • Olá Tatiane, os meus fornecedores de óleos amazônicos são Amazon Oil, Citróleo e Agropalma.
      Sobre dicas, não tenho como dar assim dessa forma tão solta. São muitas. Sugiro que estude um pouco ou faça um curso antes de começar.

  52. Gostaria de saber sobre algumas receitas de oleo para pele!obrigada.

  53. Olá Sachi. Você acha que posso usar a margarina vegetal hidrogenada como gordura no processo de saponificação junto aos outros óleos?

  54. Olá Sachi. Em primeiro lugar, parabéns pelo seu trabalho. É lindo! Gostaria de saber que tipo de papel vc usa para embalar seus sabonetes. Agradecida!

  55. Olá Sachi! Em primeiro lugar, parabéns pelo seu belo trabalho!! Gostaria de saber que tipo de papel vc usa para embalar os sabonetes?? Agradecida.

  56. Eu gostaria de aprender faser este sabonete a mao porque moro na fasenda e nem sempre tenho asseco aos ingredientes esigido nas outras receitas comun

  57. Ola, Sachi, Parabens pelo blog. Chamo-me Marta, Mocambicana. Fiz um cursinho online se saboaria artesanal, e gostaria de colocar em pratica para gerar algum dinheiro, meu foco e sabonete infantil, e dermatologico. Sempre pensei que sabonete glicerina fosso o mais puro e indicado para bebes, no meu Pais e o recomendado pelos pediatras. Lendo seu blog vejo que nao. O que e um sabonete puro e indicado para peles de bebes?

    • Olá Marta, obrigada pela mensagem 🙂
      Depende da idade do bebê. Recém nascidos, não precisam de sabonetes. Não se deve usar sabonetes de nenhum tipo em recém nascido. O banho deve ser só com água e se quiser usar um óleo vegetal suave para limpar algumas partes que sujaram, pode ser. Depois de 6 meses pode usar um sabonete muito suave e natural sem nenhuma fragrância. O ideal é o sabonete feito à mão, do zero, pelo método cold process ou hot process, utilizando óleos vegetais bem suaves (menos óleo de coco, na proporção, e mais óleos hidratantes como azeite de oliva). Um ótimo sabão para bebê seria o sabão de Aleppo, que é feito só com azeite de oliva e uma porcentagem pequena de óleo de louro. Você conhece? Você pode tentar fazer você mesma um sabonete só com azeite e talvez uma pequena porcentagem de óleo de palma para não ficar tão mole. O sabão de Aleppo é curado durante 8 meses a um ano para endurecer.

  58. Erivan Santiago França Filho

    Olá Sachi, gostei muito do seu blog.
    A minha preocupação é a seguinte: Eu to criando um espaço biodinâmico em Portugal, onde eu vou ter um eco-hotel rural, com SPA, lavanderia, banheiros, essas coisas. Só que por ser biodinâmico, tudo faz parte de um todo, um corpo vido interdependente e harmônico, e eu não quero absolutamente poluir o solo, as águas, o ar, as minhas plantas e animais e nem a mim nem meus funcionários e hóspedes. Além disso, eu quero criar um ambiente para promover práticas saudáveis e amigas do ambiente.
    Bom, encurtando a conversa, eu tenho a dizer que pretendo trabalhar, entre outras coisas, com ervas aromáticas e medicinais e que já tenho vinha (suco de uva, vinho e outros derivados para uso no SPA e para o comércio de cosméticos em geral, tudo muito em pequena escala e de forma bem artesanal) e olival (de onde já estou começando a produzir azeite extra virgem a frio e também produzirei óleos essenciais).
    Essa idéia que eu tenho de manter tudo em harmonia e pensado como uma única coisa, um organismo vivo, um sustentando e ajudando e dando vida ou mantendo a vida do outro, de uma forma totalmente orgânica, biodinâmica, e, portanto, amiga do ambiente e absolutmente não-poluente, exige de mim uma solução para a questão do sabonete, do shampoo, do sabão em pó para as máquinas de lavar, dos detergentes de cozinha e lavanderia, … que serão utilizados na minha fazendinha/eco-hotel e vendidos em pequena quantidade – produção caseira – aos hóspedes.
    Voce pode me fazer a gentileza de me dar todos os detalhes, passo-a-passo, de como produzir sabonete e, eventualmente, os outros produtos, tudo de forma artesanal e sem qualquer agente poluente? Eu vou tentar fazer sabonete de oliva e de uva.
    Muito obrigado. Aguardo o seu contato no meu email: erivansantiago@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s