Óleo essencial de Pindaíba

Todo mundo já ouviu a expressão “estou na pindaíba” certo? Mas alguém sabe a origem dessa palavra?

“O termo “pindaíba” vem do Tupi Guarani. O vocábulo pindá significava “anzol”; pinda-ib designava a vara de onde pendia o anzol e pinda-aí denominava a parte recurva, a volta do anzol. Como este, por sua forma recurvada, tem semelhança com certas espécies vegetais, “pinda-aí” passou a significar, ainda na língua indígena, cipó ou graveto retorcido.  Por metonímia, “pinda-ib”, nome da vara, passou a designar também o cipó ou cipoal. Assim, “estar na pindaíba” queria significar, para o indígena, estar enleado, amarrado, preso num cipoal retorcido, como é o anzol, sem condições de se mexer ou de fazer qualquer coisa. Com a mistura de culturas, o significado alterou-se metaforicamente para “ficar imobilizado ou amarrado por não ter dinheiro” ou simplesmente “não ter dinheiro” e a expressão tem sido empregada alternadamente “estar ou andar na pindaíba”.” (extraído e adaptado do site http://www.toqueativo.com.br)

Daí para virar nome de uma planta, não sei qual caminho trilhou. Mas o meu post de hoje é sobre o óleo essencial extraído dos frutos dessa árvore de pindaíba, originária das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil. Ela é da família da árvore da pinha (frua-de-conde ou ata, dependendo da região), mas tem porte maior e seu fruto tem uma coloração vermelha bem forte. Nome científico: Duguetia lanceolata A. St. – Hil.

pindaiba

O óleo essencial de pindaíba contem uma grande quantidade de uma substância química chamada mirceno. Este componente é o responsável pela sua ação antiinflamatória e analgésica. O emprego deste óleo essencial é considerado muito útil no alívio de dores comparável a drogas farmacêuticas como a aspirina (ácido acetil salicílico) e a novalgina (dipirona) com a vantagem de ter toxicidade baixíssima.

Além dessas qualidades, é também um forte antioxidante que combate os radicais livres causadores do envelhecimento precoce e de muitas doenças. Que planta maravilhosa temos na nossa flora!

Aqui, aqui e aqui tem matérias adicionais interessantes sobre a pindaíba.

É um óleo essencial raro, com aroma herbal e levemente cítrico, comercializado pela Laszlo Aromaterapia. Não é sempre que temos, mas nesse momento está disponível na loja online da SACHI 😉

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s