soap #21 Hibiscus

Deu pra perceber que estou tentando recuperar o atraso hoje né? Faz tempo que eu não blogava por conta da construção do site da loja virtual e de outros trabalhos (do meu outro trabalho, de designer).

Bom, esse sabonete foi pra mim o melhor em termos de aroma. Fiz uma mistura de óleos essenciais de ylang ylang, que usei pela primeira vez num sabonete, de bergamota e de limão. O ylang ylang é muito doce e pode chegar a ficar enjoativo, mas misturando com óleos cítricos, fica refrescante e “tropical”. O hibisco é uma flor tropical, me lembra o Haiti, e criei esse aroma pensando nesse tipo de imagem e acho que deu super certo!

O chá de hibisco tinha ficado em infusão no azeite de oliva durante 50 dias. Mostrei aqui no post sobre as infusões. A linda cor avermelhada não se transferiu para o óleo, como eu queria, por isso, resolvi colocar um pouco de argila rosa para dar uma corzinha e ficar mais com cara de hibisco. A argila rosa é extremamente suave e pode ser usada todos os dias sem ressecar a pele. É indicada para peles desidratadas e delicadas, vitaliza e devolve a luminosidade natural da pele, aumenta a circulação, absorve toxinas e hidrata a pele. Tem também efeitos cicatrizantes e suavizantes.

Esse sabonete é cheio de novidades. A começar pelo óleo de babaçu que usei nele. Pela primeira vez eu usei o da Naturais da Amazônia, que chegou numa remessa diretamente da região amazônica, junto com outros óleos de lá como o de andiroba, castanha-do-pará, manteiga de cacau, de cupuaçu, etc. Estava esperando ansiosamente para usar esses óleos tão diferentes dos que encontramos comercializados por aqui (São Paulo). A diferença já começa pelo cheiro. O óleo de babaçu deles tem um aroma profundamente doce, de coco. É, parece um doce de coco mesmo. Fiquei muito feliz de encontrar um super parceiro que vai me fornecer esses óleos daqui para a frente. A Naturais da Amazônia é uma notável empresa que trabalha com óleos da Amazônia, todos orgânicos certificados e fair trade. Os óleos não são refinados e são prensados a frio, sem produtos químicos. Isso faz uma diferença muito grande na textura e aroma do óleo e tenho certeza, na qualidade também. Depois num outro post, falo melhor sobre a Naturais.

Usei também a manteiga de cupuaçú, também da mesma marca. O cheiro é igualmente muito especial, parece chocolate.

Uma vez comentei aqui lamentando a falta de produção de óleo de abacate no Brasil, um país que produz essa fruta em abundância. Não consegui achar o post em que falei sobre isso, mas esse é um óleo maravilhoso para a pele, é um poderoso antioxidante natural e é cheio de vitaminas. Só que eu só encontrava versões importadas dele e com preços bem elevados. Me dizia, “mas não é possível, o abacate é tão barato aqui, por que é que não temos o óleo?” Para a minha alegria, eu finalmente encontrei um nacional! E melhor ainda, extra virgem e orgânico. A empresa que o comercializa é a Laszlo, uma conceituada empresa de aromaterapia que vende óleos essencias, óleos vegetais e outros produtos relacionados. Vai aqui um texto do Professor Fabian Lászlo, fundador da empresa e pesquisador de aromaterapia, sobre o seu óleo de abacate.

Esse óleo é de uma cor verde bem escura e o cheiro é um caso a parte. É muitíssimo forte e bem diferente do importado e provavelmente refinado que eu estava usando antes. Ele pareceu ser realmente um óleo especial. Usei uma quantidade bem pequena dele, 10% do total de óleos. Mas quando eu derreti os óleos sólidos e juntei tudo na panela, fiquei preocupada. A cor verde ainda estava lá, bem pronunciada. Era para ser um sabonete cor de rosa, de hibisco!

Mas não tinha outro jeito, tinha que continuar. A maior surpresa veio depois, quando adicionei a lixívia e fui mexendo. A textura foi mudando rapidamente e alcançou o ponto do trace extremamente rápido. Não me lembro quanto tempo, mas nem precisou usar o mixer. Foi impressionante. Fiquei na dúvida se eram os óleos amazônicos muito diferentes (frescos, sem refino, etc,) do que eu estava usando antes ou o de abacate, também muito diferente, que fez acelerar a saponificação. Em todo caso, fiquei tão surpresa com os acontecimentos que até esqueci de tirar fotos dali para a frente, pois tinha que fazer tudo muito rápido até colocar a massa no molde.

A cor da massa tinha ficado meio bizarra, uma junção do verde do abacate com o rosa claro da argila e não mudou muito depois dos 24 horas de repouso (as vezes durante esse tempo a cor do sabonete muda um pouco). Ficou tipo uma cor sem definição. Mas sinceramente, acho que esse sabonete vai ser incrível no uso, apesar de sua aparência. Esses óleos novos são realmente maravilhosos, acrescidos com a argila rosa, vai ser tudo. Não vejo a hora de experimentar!

Produção: 20/06/2010

Liberado: 18/07/2010

Ingredientes

  1. infusão de chá de hibisco no azeite puro
  2. óleo de babaçu orgânico
  3. óleo de palma orgânico e kosher
  4. óleo de abacate extra virgem orgânico
  5. manteiga de cupuaçu orgânica
  6. argila rosa
  7. água purificada
  8. NaOH
  9. O.E. de ylang ylang
  10. O.E. de bergamota
  11. O.E. de limão siciliano maduro
Anúncios

8 Respostas para “soap #21 Hibiscus

  1. Como faço para adquirir óleos vegetais da amazonia? Dei um click no link que vc indicou no texto mais me remeteu para um site onde eu não localizei os óleos. Quanto aos sabonetes estão lindos, maravilhosos mesmo! Parabens!

    • Obrigada, Jumara.
      Quanto aos óleos amazônicos, eles vendem em quantidades pequenas de 30ml. Se quiser adquirir uma quantidade maior, cadastre-se pelo site e entre em contato com eles. Mande um email falando que vc quer comprar óleos em quantidades maiores.

  2. Obrigada, vou proceder dessa forma.

  3. Pingback: soap #8 Lavanda • versão 2 « supasoap

  4. E para peles sensiveis e secas?? pois esse e meu tipo de pele, gostaria de comprar

  5. Olá, parabéns pelo belíssimo blog! Será que eu posso pegar uma foto emprestada deste seu post? Estou montando um post sobre azeite de oliva… buscando pela internet, encontrei os seus sabonetes e receitas! Vou postar com as devidas referencias, mas caso nao possa, retiro sem problemas.
    Um abraco,
    Marina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s