Lavando o cabelo com o Shampoo Bar

Foi liberada para uso hoje a barra de shampoo com gema de ovo e creme de leite fresco! E foi hoje mesmo de manhã que eu experimentei para ver como é lavar o cabelo com algo sólido como esse e não um shampoo líquido habitual. E claro, também quis sentir o efeito da gema, do creme de leite e do muru muru no cabelo. E pra poder sentir mesmo, eu decidi radicalizar. Fiz duas lavagens com ele e não usei condicionador. Isso porque eu tenho cabelo crespo e comprido!!

Espumei bastante as minhas mãos e fui passando a espuma para o cabelo, mas no meio dessa operação, achei mais prático esfregar a barra molhada direto no cabelo. Saiu bastaaaante espuma! Muito legal. Na hora do enxágue, não fica aquela coisa hiper macia igual ao shampoo liquido industrial, mas fica uma sensação de que lavou bem. Não fica tipo “palha” também não, de jeito nenhum. O ideal seria passar o condicionador depois, mas resisti. Depois de seco, o cabelo ficou bem macio. Dispensei também o creme pra pentear.

Acho que vou conseguir me livrar de mais um item industrial da minha casa, o shampoo. Já me livrei do hidratante corporal, do tônico facial, do detergente (ainda não escrevi sobre o meu sabão de cozinha ecológico né, já já faço um post)…

Anúncios

16 Respostas para “Lavando o cabelo com o Shampoo Bar

  1. Que legal , estava pensando aqui com meus botoes…
    Por que voce nao manda umas amostras dos seus produtos para Lala Noleto , bloq da revista contigo??? nao custa nada tentar ( ou talvez custe nao sei) seria uma boa opcao para fazer propaganda dos seus produtos!
    BJS!

  2. To pensando em fazer esse SABONETE com as seguintes substituicoes:leite de soja ao inves do creme de leite,manteiga de cupuacu ao inves de muru muru.
    Aqui onde moro e muito e dificil encontrar muru muru.
    Oque voce acha??? tambem tenho cabelos secos…
    BJS!

    • Oi Vanessa, o muru muru entrou por conta de suas propriedades específicas para o cabelo, mas a manteiga de cupuaçú também é emoliente então deve ficar ótimo também. O leite de soja, eu acho que tem menos gordura do que o creme de leite, então não deve ficar tão cremoso, mas deve ter os seus benefícios, que eu não sei quais são. Penso em fazer leite de amêndoas e de castanha do pará caseiros como ingrediente de sabonete, um dia desses. Olha nesse site http://www.sabaoeglicerina.com.br/vitrine.aspx tem várias manteigas vegetais, inclusive o muru muru, em pequenas quantidades.

  3. OH quando voce acrescenta a gema??? depois ou antes do trace ?? vou acrescentar tambem extrato de alecrim e oleo de copaiba , pois estou com problema de caspas….

    • Vanessa, a produção desse sabonete requer alguns cuidados especiais. A gema, você deve misturar nos óleos “moles”. São os em estado líquido em temperatura ambiente, que nesse caso são o de oliva e de rícino. Eu nunca esquento esses óleos, só os “duros” como o babaçu e o de palma, para não perderem suas propriedades. Depois que vc misturou a gema nos óleos líquidos, vc deve esquentar os óleos duros até atingir não mais do que 25 ou 30ºC. Daí vc pode adicionar a mistura da gema nesses óleos duros já derretidos. Se vc esquentar demais os óleos e adicionar a mistura da gema, ela vai “cozinhar” e endurecer. O creme de leite (ou no seu caso o leite de soja), eu introduzo um pouco depois de adicionar o líquido da soda nos óleos e começar a bater. Boa sorte!! E me conta depois como ficou.

  4. AO INVES DA MANTEIGA DE CUPUACU POSSO ACRESCENTAR O OLEO DE PRACAXI???
    BOM, VOU FAZER DEPOIS TE CONTO O RESULTADO !

  5. Ficou horrivellll , nao consegui,snif,snif

  6. Ficou com bastante por cima nao deu certo , acho que foi problema de temperatura dos ingredientes enfim necessito me aprofundar mais no assunto, mais qual a diferenca do sabonete de soda, oleo pro sabonete de glicerina vegetal???
    Fiz algumas vezes com glicerina e sempre da certo, mais esse deu suppper errado….
    Fiz outro de argila verde (o primeiro tambem nao deu certo) segundo sim, ainda esta um pouco mole acho devido aos oleos penso…

    • Vanessa, eu não sei te dizer sobre sabonetes de glicerina vegetal, só conheço esse método cold process. O cold process é um método que produz naturalmente a glicerina, por isso não necessita adicionar a mais… não sei se te ajudaria, mas o primeiro post desse blog dá um pouco de explicação sobre o processo. bjs!

  7. Adorei seu blog,quero fazer sabão tambem.Pode me informar por onde começar?

    Abraços

    Paricia

  8. Olá, Sachi!
    Como os óleos a 30 graus, a soda cáustica também deve estar a 30 graus, não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s